Afogada


Às vezes me afogo em meus pensamentos. Pensamentos idiotas e toscos. Mas mesmo assim que fazem meu peito doer, meu estômago se remoer dentro de meu corpo.
Eu tenho motivo? Uns diriam que não. Mas eu tenho. Esse mesmo motivo me faz sentir como seu eu fosse insuficiente.
E ser insuficiente, com o tempo se torna insuportável.
Se torna difícil de aguentar, e muito mais difícil de suportar.
Continuo seguindo, mas ainda é complicado. Complicado como andar descalço em cacos de vidro tendo que tomar cuidado para não se cortar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista: Maria Venture - Youtuber

Entrevista: TriGo! - Música

WIshlist: Livrinhos mais Amorzinhos