E que comece 2017...

Faz exatamente 17 dias que 2017, e podemos dizer que não tenho a mínima ideia do que fazer da minha vida.
Até ano passado, minha vida tinha o que podemos dizer uma linha tênue a qual não seria capaz de acabar com ela sem a ajuda de alguém.
Entretanto, o fim do ensino médio é um baque, você pode passar os três anos reclamando todo mísero santo dia, mas, quando o último dia do terceiro ano chega, é como se a partir da formatura tudo realmente acabasse, como se em cerca de poucos instantes, você fosse obrigado a deixar a imaturidade de um adolescente para ser transformado em um adulto pragmático.
Agora não sei bem o que fazer da vida, bem, saber eu até sei... Mas não é uma coisa tão concreta quanto eu gostaria que fosse...
Vejo pessoas com destinos tão demarcados, tão milimetricamente calculados, que tenho que dizer que não ter certeza me proporciona medo.
Medo de não ser o que as pessoas esperaram.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista: Maria Venture - Youtuber

Entrevista: Yago Torezani - Música

Entrevista: TriGo! - Música