Nada Mais Importa! (Histeria)

Entre palavras Amargas
Que o vento levou
Entre conversas enviadas
Só para dizer que ligou

Chegaram ao fim da vida
Perceberam que faltava sincronia
E passaram a planejar a ida
Queríamos o melhor, mas, sem histeria.

Sabíamos que não éramos parecidos
Anos de convivência
Que nem ao menos foram bem vividos
E agora só esperavam uma pequena decência

O passado veio à tona
Nada mais importa
Agora nada conta

Apenas as últimas palavras antes de fechar a porta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista: Maria Venture - Youtuber

Entrevista: Yago Torezani - Música

Entrevista: TriGo! - Música